Início > Microsoft Utilities > Troubleshooting de aplicações travadas no RESMON

Troubleshooting de aplicações travadas no RESMON

julho 16, 2010

Olá caro leitor,

Este é mais um post sobre está excelente ferramente de troubleshooting do Windows Vista/7. O Resource Monitor.

No post anterior, eu mostrei como identificar serviços do Windows em instâncias SVCHOST que fazem alto consumo de CPU.

Neste post, irei mostrar como identificar a razão de um determinado processo não estar respondendo no Windows.

Um processo que não esteja respondendo no Windows pode ter as seguintes causas:

  • dependência da execução de outros processos e/ou serviços para dar continuidade
  • falta de recursos (CPU e/ou memória)

No RESMON, identificar uma aplicação que não está respondendo é mais do que simples. Na tab Overview no bloco CPU na coluna Image e/ou na tab CPU no bloco Processes na coluna Image, será exibido o nome do processo e o que irá diferenciá-lo dos processo em execução normal é a coloração.

Processos que não estão respondendo são exibidos na coloração vermelha no RESMON além do status na Status como “Not Responding“.

Para entender como funciona o troubleshooting, abra o RESMON e selecione a tab CPU como na imagem abaixo:

Tab CPU

Nota IMPORTANTE: Neste exemplo irei apenas demonstrar os passos a serem tomados para identificar o problema já que não há problemas de processos não respondendo em meu sistema operacional.

O próximo passo é identificar o processo que não está repondendo, como já dito anteriormente, será exibido na coloração vermelha.

Após identificá-lo, clique com o botão direito sobre o processo e escolha a opção Analyze Wait Chain… como na imagem a seguir:

Analyze wait chain...

 Após escolhermos a opção, uma pequena janela será mostrada como na imagem abaixo:

Resultado do Analyze wait chain...

Neste caso, temos um processo iexplorer.exe esperando recursos. Em um caso de aplicação não respondendo, poderiamos realizar o troubleshotinng finalizando os processo que estão aguardando e verificar se o status do processo que não está respondendo foi modificado de “Not Responding” para “Running“.

É possível visualizar na imagem anterior que há uma caixa de seleção no bloco em braco onde se encontra o processo e um botão na parte inferior direita com nome End process. Utilizá-lo significa encerrar literalmente aquele recurso que está interrompendo a execução de um processo.

Cabe dizer aqui, já que é uma informação de suma importância, que praticar este tipo de troubleshooting exige conhecimento dos processos em execução.

Neste exemplo, há somente um processo, entretanto, poderiam ser encontrados diferentes processos que demandariam tratamentos diferentes e muito mais atenção.

Encerrar um processo pode provocar a perda de dados tal como instabilidade do sistema operacional.

Uma boa prática! Faça o troubleshooting e troque informações com outras pessoas em instant menssengers, fóruns, blogs, etc. antes de aplicar qualquer tratamento em processos.

Bem caro leitor, espero que este post seja mais uma boa prática para o dia a dia e que o mesmo tenha sido de ótimo proveito.

Até o próximo post e muito obrigado!

%d blogueiros gostam disto: